06 fevereiro 2015

LIVREIRO DE CABUL ~ Asne Seierstad

Por 3 meses Asne foi hospede de uma família afegã, cujo chefe o livreiro Sultan Khan, tinha duas esposas e 5 filhos.

Baseada nesta convivência, Asne escreveu o Livreiro de Cabul. Transformar pessoas reais em personagens de livro não é um empreendimento isento de problemas (…) no caso não foi diferente: o livreiro ficou indignado, processou a autora e acabou ele próprio escrevendo a versão do acontecido.

O resultado do julgamento foi a doação de uma parte dos direitos autorais para uma fundação que visa promover a literatura afegã, sugestão da própria autora.

Mas vamos ao livro...

No livro, o personagem principal, Sultan Khan, é inspirado em um livreiro que embora tivesse um comportamento liberal e progressista na área da cultura, dirigia a família com mão de ferro, seguindo os preceitos do fundamentalismo islâmico no trato com as esposas e filhos.

Sem esconder a opressão vivida pelas mulheres afegãs, tema largamente explorado na literatura e amplamente mostrado na mídia, ela investe em esmiuçar outro ângulo da mesma questão, revelando que as relações de gênero no Afeganistão são bem mais complexas.


O livreiro de Cabul é um bom livro tanto para quem admira uma história bem contada, quanto para os que defendem um jornalismo bem feito, sem ser destituído de inteligência e… humanidade.

O Rei das Fraudes ~ John Grisham

A história mostra o universo das ações indenizatórias coletivas. Clay Carter é um advogado de 31 anos que trabalha na Defensoria Públic...