22 agosto 2015

O Círculo ~ Dave Eggers

Começo minha resenha dizendo que essa foi a leitura de março, escolhida pelo Book Club que participo mensalmente.

Assim me sinto livre para dizer que embora seja uma curiosa por natureza e leia um pouco de tudo: romance, aventura, distopias, ficções, livros históricos, biografias… e outros mais, esse livro me deixou com um pensamento amargo.

Não pela história em si que é boa, mas pela narrativa!!! Mas vamos adiante.

Mae Holland é contratada para trabalhar na poderosa empresa de internet, chamada O Círculo. O Círculo absorveu todas as grandes empresas de tecnologia existente, modelando um único sistema  de busca de rede social. Conseguiu imaginar? Não creio que seja difícil.

Mae é contratada com a ajuda de sua melhor amiga Anne. Ela começa a trabalhar na EC (Experiência do Cliente) uma espécie de serviço do consumidor, onde ele deve manter as metas altas. As dela e as do cliente. Assim, a cada atendimento o cliente julga se Mae foi satisfatória em suas respostas. Para O Círculo, Mae deve ficar entre 95% a 100% de atendimento satisfatório, para avançar no Círculo.

Para uma pessoa motivada, não é difícil, Mae passa... Na próxima etapa Mae deve postar todas as suas imagens, arquivos pessoais, músicas, dados médicos, tudo no banco de dados do Círculo onde a ‘democracia é obrigatória’

No campus, como é chamado o complexo de escritórios do Círculo , há festas diárias, dormitórios, refeições completas ou seja se você não quiser sair do Círculo para ir pra casa, é possível. Alguém lembra da Googleplex?

Logo Mae vai aprender a zingar, ou seja curtir tudo que postado, comentar, dar opinião... na empresa tem um ranking com as pessoas que mais tempo ficam conectadas... Para subir no ranking Mae dorme pouco e fica conectada 100% do tempo.


Seria interessante se algumas ideias não fossem tão bizarras, não no mundo da internet, mas na forma como alguns personagem são destituídos de raciocínio próprio, inteligência até… Os personagens são discutíveis, o mundo dominado pela internet, nem tanto… 

2 comentários:

  1. Lavagem cerebral, não muito incomum, mas não gostei muito também.
    Não sei se fui influenciada pelo seu "amargo" ou se a história também não facilita.

    ResponderExcluir
  2. Não é dos meus livros favoritos, mas gostei de ler Belly. Devo dizer que fiquei feliz quando terminei de ler :(

    ResponderExcluir

Cartas de Amor de Uma Santa ~ Gianna Beretta

Vale a leitura desse livro. Coletei algumas citações que compartilho com vocês: “O Segredo da felicidade é de viver  momento a moment...