10 junho 2015

O PALÁCIO DA MEIA-NOITE ~ Carlos Ruiz Zafón

A obra começa no ano de 1916, no coração de Calcutá. Em uma noite chuvosa, o tenente Peake, com dois bebês, vem sendo perseguido por três homens liderados por Jawahal. Sabendo que não tem muito tempo e apenas uma chance de salvá-los, ele entrega as crianças para a avó.

Aryami Bosé temia esse momento e sem tempo para decidir o que fazer para salvar as crianças, ela deixa o menino aos cuidados de Thomas Carter, diretor do orfanato São Patrício enquanto foge com a menina para outra cidade.
Os anos passam... Ben vai completar dezesseis anos e, com isso, precisará deixar para trás não só o orfanato, mas também seus melhores amigos. Juntos, os sete jovens formam a Chowbar Society, e se reúnem no Palácio da Meia-Noite para contar histórias, compartilhar sonhos e a promessa de sempre se ajudarem.
Cada um dos membros da Chowbar Society tinha a característica de viver a vida intensamente, nos dando a lembrança de que cada momento conta.
Ben era considerado por eles, o líder do grupo; Seth o leitor ávido, o grande apreciador de bibliotecas, estava sempre complementando as histórias de Ben, ou corrigindo-as. Siraj, o sonhador, o destemido; Roshan além de conseguir abrir qualquer porta, tinha bom senso de perigo e o desejo de ser um grande homem de negócios; Michael, o desenhista, o poeta; Ian o médico de coração e quem sabe um dia de fato; o mais tranquilo e próximo de Ben; Isobel, desejava ser artista, ganhar o mundo nos palcos do teatro.

O livro é repleto de aventura, ação, perigos e mistérios. Uma história emocionante e repleta de reviravoltas e descobertas inesperadas. Uma história de amizade, de loucura, de perseguição e superação.
O livro faz parte da Trilogia da Neblina, mas pode ser lido separadamente. Os personagens não se repetem nos livros, apenas a temática.
Outros livros resenhados de Zafón:
Trilogia ‘O Cemitério dos Livros Esquecidos’
Trilogia da 'Neblina' 
E ainda outro bom livro de Zafón é: Marina

Esquecer o Natal ~ John Grisham

Luther e Nora, deixam a filha Blair no aeroporto. Blair vai passar dois anos no Peru, ajudando crianças indígenas em uma escola local. Em...